sexta-feira, 17 de junho de 2016

Rock Chick 03 - Redemption (Kristen Ashley)

"Roxie está fugindo de um ex-namorado perseguidor, que não aceita o fim do relacionamento. Ela não pensa em se envolver com ninguém, mas quando seus olhos caem sobre Hank ... Roxie tenta mantê-lo a uma distância segura, mas Hank quer ficar mais perto (tipo, muito mais perto). Quanto mais os problemas de Roxie se intensificam, mais Hank quer ajudar, mas Roxie acha que ela só atrai problemas e que o Good Boy Hank, merece alguém melhor. O problema é que ninguém concorda com ela, especialmente sua louca hippie melhor amiga – Annette - e seus pais - Herb e Trish.  Durante todo tempo, Hank tenta convencê-la de que ela realmente quer ficar com ele e, juntamente com a Nightingale Investigações, faz de tudo para mantê-la à salvo.

¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•

01. Rock Chick – Indy e Lee.
02. RockChick Rescue – Jet e Eddie.
03. Rock Chick Redemption – Roxie e Hank.
04. Rock Chick Renegade – Jules e Vence.
05. Rock Chick Revenge – Ava e Luke
06. Rock Chick Reckoning – Stella e Mace
07. Rock Chick Regret – Sadie e Hector
08. Rock Chick Revolution – Ally e Ren

 Primeira frase do livro: “ Aconteceu duas vezes comigo... amor à primeira vista“


Quanto mais eu leio essa série, mais eu me divirto e me apaixono pelos personagens!

Finalmente conhecemos a história de Hank Nightingale, o bom moço da série que, apesar disso, mantém o mesmo padrão dos outros mocinhos: seguro de si, protetor, duro, forte e consegue criar uma máscara de frieza sempre que necessário. Roxie é uma mocinha sem afetação, que namorou por muitos anos com um picareta. Decidida a dar um novo rumo à sua vida, Roxie terminou o namoro com ele váaaarias vezes, chegou a mudar de cidade, mas ele sempre ia atrás dela e a encontrava. Dessa vez ela vai para Denver, encontrar com seu tio (ninguém menos que o maluco do Tex!) ... e encontra Hank! A atração entre eles é imediata e a química é das melhores. Apesar disso, a Roxie mantém distância, pois ela se acha “pouco“ pra ele, ela acha que sua capacidade de atrair problemas não combina com a vida “normal“ que Hank leva/merece levar. Esse tipo de postura meio que me irrita nas mocinhas Rock Chick, elas sempre “fazem doce“, sempre se afastam, mesmo assumindo que estão envolvidas. Enfim ... das três mocinhas da série, a Roxie é a mais legal, então eu relevo.

Roxie acaba sendo encontrada pelo Billy e sequestrada. O Clube do SouTudoDeBomGostosoEHot  A Nightingale Investigações vai atrás dela e Mace consegue resgatá-la, quando ela está amordaçada e presa a uma pia de banheiro. Hank (ou Whisky, como a Roxie o chama) começa uma caçada atrás de Billy mas, um mal entendido acaba fazendo ele achar que a Roxie ainda é apaixonada pelo Billy e se afasta. Aí, quando ele se afasta, a Roxie sente falta e fica se questionando sobre a distância do Hank.

Vale a pena ouvir duas músicas que são citadas no livro: (1) Because the Night, que a Roxie canta na cama, ao lado do Hank, pensando que ele está dormindo; e (2) She’s the One, que o Hank cita, dizendo para a Roxie que ela é a garota da música.

O livro segue o fluxo normal da série, mocinho Hot, protetor e valente, mocinha que precisa de ajuda, Rock Chickies se envolvendo na história, caçada a alguém que quer fazer mal à mocinha, muita risada e muita loucura no meio da história. Ah! E claro, tensão sexual e cenas quentes o tempo todo!

Considerando os três livros da série, esse sem dúvida, é o melhor, Vale a leitura!


sexta-feira, 3 de junho de 2016

Série I-Team 03 - Unlawful Contact (Pamela Clare)


"Tomada como refém por um assassino condenado, ao entrevistá-lo na prisão, Sophie Alton não imagina que o homem que apontava a arma para sua cabeça é o bad boy que foi seu primeiro amor na escola. Condenado à prisão perpétua sem condicional, Marc Hunter não tem escolha, a não ser sair da prisão depois que sua irmã mais nova desaparece com seu bebê. Embora ele lamente ter que usar Sophie para isso, ele não pode deixar nada ficar no caminho de sua vingança para deter os policiais corruptos que estão determinados em destruir o que sobrou de sua família. Mas estar perto de Sophie reacende memórias para ambos. À medida que a paixão entre eles se aquece, o mesmo acontece com a conspiração para colocar os dois em seus túmulos.

¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•

01. Extreme Exposure – Kara e Reece
02. Hard Evidence – Tessa e Julian
03.Unlawful Contact – Sophie e Marc
04. Naked Edge – Katherine e Gabriel
05. Breaking Point – Natalie e Zach
06.Striking Distance – Laura e Javier
07. Seduction Game – não lançado


O livro começa assim: “Sophie Alton andava pela festa desejando que ela tivesse ficado em casa”.

Melhor livro da série e concorrente fortíssimo a melhor livro do ano! Nem termine de ler essa resenha e corra pra baixar o livro (nos comentários tem link, mas só em inglês L )

Mas uma jornalista do I-Team (grupo de jornalistas investigativas do jornal Denver Independent), dessa vez a doce Sophie, que está cobrindo uma história sobre uma jovem, ex-viciada, que finalmente, depois de passar muito tempo em reabilitação, vai conseguir a guarda da filha. O problema é que a Megan foge com a bebê e deixa um rastro de seringas e drogas atrás dela. Sophie fica arrasada e preocupadíssima e é por isso que ela resolve, seguindo uma sugestão anônima, conversar com o irmão da Megan e ver se ele tem alguma pista sobre o paradeiro dela. O que nossa mocinha não sabe é que o irmão é Marc Hunter, sua paixão de adolescente e com quem ela teve sua primeira vez.

Na prisão, Sophie não reconhece Hunt e, durante a conversa, ele a toma como refém e consegue escapar. É só então, fugindo, que ela a chama pelo apelido carinhoso que usava na adolescência e ela o reconhece, claro, ficando chocada por ele estar preso e acusado de tantos crimes. Eu esqueci de dizer que o Hunt, apesar de condenado, não é culpado dos crimes que cometeu mas, para proteger sua irmã, ele confessa.

Depois que Hunt liberta nossa mocinha, a história vai se desenrolando com ele tentando achar a irmã e a sobrinha para os três fugirem para o México, mas como ele precisa da ajuda da Sophie, eles acabam se encontrando de novo e aí a história pega fogo! É muito tristinho ver o Hunt dizer a ela, quando os dois já estão bastante envolvidos, que eles não devem fazer planos, pois só existem três futuros para ele: (1) Ele é capturado e retorna para a prisão, com uma pena muito maior; (2) Ele é morto; (3) Ele consegue cruzar a fronteira. Em nenhum dos três cenários, eles ficariam juntos.


Nosso querido Julian, mocinho do livro dois, aparece o tempo todo aqui nesse livro, ele é um dos detetives responsáveis por capturar Marc Hunter. Já viu, né? Muitas emoções!

Eu preciso dizer que a Sophie é a minha heroína favorita da série, determinada e sem mimimi. Mas se a Pamela Clare conseguiu criar uma mocinha adorável, o mocinho .... ai, ai. Pense naquele macho alfa tudo de bom! Só lendo pra vocês verem que eu não estou exagerando!

Vale a leitura!

sexta-feira, 20 de maio de 2016

The vixen and the vet (Katy Regnery)


"Nesta moderna releitura de A Bela e a Fera, a jornalista Savannah Carmichael, traída por uma fonte confiável, retorna à sua cidade natal em Danvers, com sua promissora carreira em ruínas. Até que ela recebe a oportunidade de voltar ao jogo escrevendo uma reportagem com viés patriótico. Savannah volta a sua atenção para o eremita cidade, Asher Lee, um veterano de guerra ferido, que voltou para Danvers, há oito anos, e não foi visto desde então.

Depois de uma explosão no Afeganistão que dilacerou a mão de Asher e desfigurou metade de seu rosto, ele viveu uma vida tranquila na periferia de Danvers, onde os moradores respeitavam sua privacidade... isto é, até Savannah Carmichael aparecer usando um vestido emprestado e trazendo  um prato caseiro de brownies. Quando Asher concorda em ser entrevistado por Savannah, ele começa a sentir coisas pela bela repórter que ele não sentia há anos.

Savannah e Asher criam um vínculo imediato, tocando os corações uns dos outros de maneiras que eles não pensavam ser possíveis. Quando um erro terrível ameaça separá-los, eles vão ter que decidir se o amor que encontraram nos braços um do outro é forte o suficiente para lutar por seu duramente conquistado ‘felizes para sempre’”.

¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•

Primeira frase do livro: “’Savannah Calhoun Carmichael, você ao menos está me ouvindo?’“

Savannah voltou para sua cidade natal depois de ter sido traída por seu namorado e perder seu emprego num jornal muito respeitado. De volta a Danvers,, nossa mocinha aproveita para ajudar sua irmã a preparar seu casamento. Aliás, o livro começa assim, com as duas irmãs conversando sobre uma reportagem publicada em uma revista feminina, que mostra as “dez pistas para você saber se é amor de verdade”. Savannah não dá muita bola, enquanto sua irmã está numa empolgação só. Achei fofo, pois cada um desses dez pontos vai nomear os capítulos seguintes do livro e nossos mocinhos vão se encaixando neles.

Por falar em mocinho, Asher Lee é um veterano de guerra que foi gravemente ferido há oito anos no Afeganistão e, como resultado, rosto de Asher foi ferido e ele perdeu uma de suas mãos. Asher leva uma vida muito solitária e praticamente não sai de casa.

Quando Savannah recebe uma oferta para escrever uma reportagem melosa e dramática para um jornal em Phoenix, ela acredita que aquela é sua única chance de salvar sua carreira. Como a reportagem será publicada no dia quatro de julho, nossa mocinha acredita que contar a história de Asher, como um veterano de por amor à pátria perdeu parte de seu rosto e seu braço, é o que ela precisa para retomar sua carreira.

Asher se encanta com Savannah logo que a vê e acaba concordando em encontrar com ela três dias por semana para ser entrevistado. Só que nos dias em que eles não se encontram, começam a sentir falta um do outro e, nesse processo, eles se apaixonam. Aí começa aquele bom e velho mi-mi-mi de “somos tão diferentes, será que temos chance de montar uma vida juntos” ou “não esperava me envolver tanto com você e isso me assusta“ ... enfim, aquele drama que faz com que, ao mesmo tempo, a gente goste e se irrite.

É uma história de amor bonita, um romance doce e bem escrito.


Vale a leitura!